músic

domingo, 8 de maio de 2011

graças a ti, deixei de acreditar no amor






Não vou voltar a querer saber de ti. A querer saber de uma pessoa que, com toda a descontracção do mundo, me engana, mostra arrependimento e volta a enganar, a enganar e a enganar mais uma vez. Quem é que tu pensas que és? O rei? Mesmo que fosses D.Afonso Henriques, nada desculpava o que tu me fizes-te, o que tu me fazes e o que, se não acabar, vais continuar a fazer. Porque é que me enganas? Porque é que ocultas o que eu devo, sem duvida alguma, saber? Não te entendo, juro que não te entendo. Afinal, és como todos os outros. Uma não te chega, precisas de mais e mais, até ao momento em que começares a perde-las. Ai, como todos os outros, vais perceber a falta que eu te fazia. O carinho que dava. A atenção que não faltava.  Mas também ai, vais perceber que, faças o que fizeres, jamais me voltarás a ter. E sabes porque? Porque não foste capaz de ser um homem e dizer-me tudo na cara. Não foste capaz de fazer nada para o meu bem. Fizes-te-me sofrer, enganaste-me. Fizes-te-me passar por burra. E sim, fui, porque enquanto ouvia todas aquelas coisas, que pensava eu serem mentira, tapava os ouvidos, disfarçadamente, para que desse bem a entender que não acreditava em nada do que me pudessem dizer. Tudo porque? Porque tão cega que estava, tão apaixonada por ti, tão carente que, esqueci o mundo e agarrei-me, somente a ti. A ti, que eras a única pessoa que não me merecia, que nunca me mereceu e que mais me desiludiu.

13 comentários:

  1. «Afinal, és como todos os outros. Uma não te chega, precisas de mais e mais, até ao momento em que começares a perde-las.» bem, ao ler o teu texto senti mesmo que tinha sido eu a escrevê-lo porque estou a passar pelo mesmo :o
    e sinceramente, estes palhaços não merecem nada de nós, o melhor que temos a fazer é mesmo esquecê-los e focarmos-nos nos nossos amigos, porque esses sim, são para sempre, sei que é dificil, mas estou ao máximo tentar esquecer quem me magoou e tu devias fazer o mesmo :) estou farta de sofrer por quem não merece, e por quem nem parece que sente a minha falta, por quem me fez passar por burra e gozou com a minha cara e sentimentos. cansei. :o

    ResponderEliminar
  2. Força querida!
    Mil beijinhos e obrigada *.*

    ResponderEliminar
  3. oh, aposto que tens, tens de procurar melhor quem é mesmo teu amigo e aposto que encontras alguém que sempre esteve lá para ti :)
    eu tenho, são poucos os verdadeiros, mas são bons (:

    ResponderEliminar
  4. é linda sim senhora, eu sei :p
    obrigada :p eu já sigo o teu há algum tempo :)

    ResponderEliminar
  5. Entendo o teu sofrimento, aconteceu-me o mesmo, exactamente o mesmo. Estava tão cega por ele que não acreditei em nada do que me diziam. Quando me apercebi de que toda a gente tinha razão, de que eu fiz figura de ursa, fui ao fundo. Ainda hoje me custa passar passar por um espelho e olhar para mim, tenho vergonha do que fiz e perdi muita gente por causa disso.
    Força, nenhum rapaz merece o teu sofrimento. *

    ResponderEliminar
  6. sei perfeitamente o que e isso, sei por o que estas a passar, poderei dizer que estou a passar pelo mesmo, mas sabes uma coisa, por vezes nao basta acreditar neles, nao podemos nunca mais iludirmo-nos com isto, sei que e tao facil falar, eles quanto mais coisas erradas fazem mais nos somos parvas e desculpamos, quantas mais erram, mais nos dizemos '' oh e so mais uma vez vao mudar'' na realidade nunca mudam, tenho um namorado, quer dizer ex namorado que acabamos a precisamente uma semana, fazia tal igual o que dizes no teu texto, mas sabes começo a acreditar que o amor e uma fachada, e nos somos umas estupidas em fazer o que fazemos, acabamos, tive uma semana sem ir a escola, sem conseguir sequer andar, falava-lhe mal, ele a mim, desprezava-me para alem de namorada era melhor amiga, trocou de melhor amiga de um dia para o outro, como se tudo isto fossem facilidades, mas no entanto ontem mais uma vez saimos e tvemos juntos, acreditar em '' propriedades?'' nunca mais, temos que ser fortes e superiores a tudo, o que e mesmo nosso, volta sempre...

    ResponderEliminar
  7. ainda bem, também vou seguir o teu e obrigada.

    ResponderEliminar
  8. eu também já passei por muita porcaria, acredita, e cheguei a pensar que estava sozinha, porque sinceramente era o que eu sentia, solidão. Mas não estava, os meus verdadeiros amigos estiveram lá sempre para mim, e são eles que fazem valer a pena lutar por algo, eu tenho muito amigos, mas são muito poucos aqueles que eu considero verdadeiros e aqueles em quem confio realmente. Não vivas com vergonha do passado, tens de ver os erros que cometeste como uma experiência que te fez crescer e aprender mais. Sempre ouvi dizer, que aprendemos muito com os nossos erros! Acredito que irás encontrar esse alguém perfeito, só não podes é desistir!

    ResponderEliminar
  9. sim , é bom saber que há alguem feliz ! mas tambem é muito triste , ver que há pessoas que nao estao ! força , muita força querida (;

    ResponderEliminar
  10. Gostei imensamente do texto (:

    ResponderEliminar

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.