músic

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

não dependo de ti


Passo a explicar-te uma coisa. Namorámos, fomos muito felizes. Acabámos. Nunca te esqueci. Nunca me esqueces-te. Tentas-te voltar a exprimentar, não quis. Estava errada. Percebi que és a minha vida. Voltei a tentar. Não quises-te. Eu não dependo de ti, nem tu de mim. Não dependo de ninguém. Sinto-me com forças suficientes para levar uma vida sozinha. As minhas notas estão a aumentar, sinto-me quase a recuperar. Se estivesses comigo, seria tudo mais fácil. Tu, que és a pessoa que amo! Não estás, não irei ficar o resto da vida mal, porque apenas me disses-te que não. A forma arrogante como tens falado comigo. O ambiente entre nós ... O mais importante para mim neste momento é a escola. Gostava de ter o teu apoio. Já que não o posso ter, não irei ficar deprimida o resto da vida e vou realizar o meu sonho, sem ti. Vou seguir em frente. Não me peças que te esqueça, apenas.

5 comentários:

  1. Temos sempre força para levantar a cabeça e seguir em frente. Eu própria fi-lo e é muito bom :)

    ResponderEliminar
  2. Oh, vais ver que sim! Concentra-te em algo que gostes, sai, ri, chora, sê feliz! :D

    ResponderEliminar
  3. Por isso mesmo. Chora tudo o que tiveres a chorar e esquece, passa à frente. Aproveita a vida!

    ResponderEliminar
  4. acho que fazes muito bem a manter a cabeça erguida! estou contigo (;

    ResponderEliminar
  5. Oh, nao tens de agradecer fofinha! O importante é seres feliz! Isso sim! Aprende a pensar primeiro em ti e depois nos outros, mas claro, nunca perdendo qualidades. Pode ser um bom primeiro passo e o resto, virá com o tempo pois, pelo menos ainda penso, é ele que continua a curar tudo :)

    ResponderEliminar

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.