músic

sábado, 29 de janeiro de 2011

i love you



O dia de hoje, foi a prova de como nada está perdido. De como, ainda, mexes comigo e de como, ainda, mexo contigo. De como te amo e, sobretudo, de como ainda me amas. Desculpa ter-te feito passar por tudo aquilo, mas estava tão desesperada ... só queria ver-te bem, abrir-te os olhos, só te queria para mim, e admito que, não pensei sequer nas consequências. desculpa e perdoa-me.

ps: parabéns Adriana :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.