músic

sábado, 28 de maio de 2011

sê feliz, já que eu não o consigo ser



Sim, é verdade que não me orgulho nada, mesmo nada de te dizer isto, mas o que queres que faça? Que te diga a verdade?! Assim o fiz. Ou melhor, assim o descobris-te. Há apenas uma coisa errada na tua pequenina cabeça, eu nunca fiz isso, nunca seria capaz de  fazer, nem a ti, nem a ninguém. Mas sim, fui a pessoa mais burra do mundo quando naquela quarta-feira, seis de Maio respondi «sim» a uma pergunta que deveria ter respondido, imediatamente «não». Mas que posso fazer agora? Nada. Já não há maneira de voltar a trás. Eu estava tão cega, tu estavas tão ilusório, que eu, sem sequer pensar duas vezes, respondi a primeira coisa que me passou pela cabeça. Sabia lá eu que tu, uma pessoa tão amigável, poderia mentir, poderia ocultar, poderia trair. Mas essa pessoa amigável, que naquele momento tinha um significado bastante importante na minha vida, mentiu, ocultou e traiu. Eu compreendo e considero que o erra seja meu, assim como sempre. Sei que não fui nada correcta contigo, mas no mínimo, não me ocultavas, não me mentias, mas sobretudo, não me traias. Até agora, ele sempre foi a minha maior desilusão, mas comparando-o contigo, as vossas atitudes?! És quantas, mas quantas vezes pior. Desculpa por mim e desculpa por nós, mas esta farça, esta ilusão, esta coisa que passou a ser um desgosto, nunca iria resultar, por mais que nos amasse-mos. Hoje, tento pedir-te a tua amizade, mas para que? Não va-le a pena. Tu não va-les a pena e eu muito menos. Seguimos caminhos diferentes. Tu és um ser-humano masculino que escolheu outro ser-humano. Eu sou um ser-humano feminino que também escolheu outro ser-humano, mas ao contrario de ti, eu, ser-humano feminino não tive sorte. A sério, muito a sério, sê feliz, já que eu não o consigo ser.

8 comentários:

  1. gostei apesar de ser um pouco "triste"

    ResponderEliminar
  2. tem força linda, e tu consegues ser sim, basta quereres ♥

    ResponderEliminar
  3. Não sei como consegues pensar assim. :c

    ResponderEliminar
  4. Dá tempo ao tempo, a felicidade há-de chegar a ti também :)

    ResponderEliminar
  5. desde sempre que as mulheres, sao levadas como ''as parvas'' apartir dai fazem de nos o que querem, mas nao se lembram que ha mais mulheres a estudar que homens, ha mais mulheres esforçadas para um futuro melhor, do que os homens, por isso so quer dizer que somos bastante supeiores aos homens e isso faz com que nao sejamos parvas nem estupidas, mas que nao façamos de tal

    ResponderEliminar
  6. Adorei e sigo*
    Fazes e mesmo?

    ResponderEliminar
  7. Voltamos a estar tristes não é verdade? Ai querida, os teus textos deixam-me sempre com algo apertado cá dentro. Pareces sofrer imenso, e não o mereces :x

    ResponderEliminar

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.