músic

segunda-feira, 23 de maio de 2011

errar é humano, preservar no erro é diabólico




Mais uma vez te digo: errar é humano, preservar no erro é diabólico e está cada vez mais a afastar todo o mundo de ti, porque simplesmente fizes-te uma escolha de que ninguém estava a espera. Foi como se nos tivesses apanhado de surpresa, como se fosse a coisa mais grave do mundo. Mas não é, não é e eu já aprendi demasiado com isto, com esta situação. Tu fizes-te a tua escolha, eu respeito-a a 100%. Mas se algum dia, com todas as letras me disses-te que me afastei porque simplesmente cai numa ilusão, volta a ler isto, mas desta vez, como se fosse eu que tivesse escrito para ti. Sim, estou mesmo a dizer-te isto. Sei que gostas muito de mim e eu de ti, e com isto estou a magoar-te imenso, mas também me magoas-te quando tomas-te essa brusca decisão e eu não pude fazer nada contra. Sabes melhor que ninguém que sou contra isso, contra essa coisa que te levou a cair numa ilusão, a afastar-te de tudo o que gostas, de tudo o que amas. A afastar-te de ti. A afastar-te de mim. Tu mudas-te e eu não compreendo porque. Não consigo compreender o efeito das pessoas quando mudadas por alguém. Não te consigo compreender. Não vês coisas que vês, não ouves coisas que ouves, não dizes coisas que dizes. Conheço-te a tempo suficiente para ter a certeza que essa pessoa bruta e fria que ultimamente raramente fala comigo, és tu. Custa-me a acreditar o que fazemos quando estamos vidrados numa só coisa. Já passei pela tua situação, nunca me dei conta de nada e sempre calei todos os que me tentaram chamar a atenção do erro que estava a cometer. Finalmente, entendo o quão estúpida que estava a ser e agradeço a todos aqueles que nunca desistiram de mim.

5 comentários:

  1. Concordo e força querida *

    ResponderEliminar
  2. se sabes o que ele esta a pensar neste momento, da mesma maneira que não desistiram de ti, não desistas dele. :)

    ResponderEliminar
  3. questiono-me muitas vezes como e que as pessoas mudam do dia para a noite

    ResponderEliminar
  4. De nada querida. Muito obrigada eu! :')
    Força*

    ResponderEliminar

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.