músic

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

.

«não »
Não quero sair daqui. Quero isolar-me, quero esconder-me do mundo, quero ser feliz à minha maneira. Quero poder gritar vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana. Quero acompanhar a margem da chuva, quero molhar-me sem água, quero cantar sem karaoke, escrever sem qualquer erro, quero falar muito, falar sozinha, mas sobretudo, quero poder sorrir sem ser gozada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

sem medos, nem vergonhas, todos somos seres humanos.